Anatel revisa método de cobrança feito aos provedores

03/03/2017 11:23

Uma decisão tomada pela Anatel vai reduzir o recolhimento das taxas ao Fundo de Universalização das Telecomunicações (Fust) das pequenas empresas com licenças de SCM. A decisão foi motivada pelo julgamento de um recurso da operadora BRITIS Telecom, contra uma multa milionária.

A Superintendência de Fiscalização cobrou dessa empresa de telecom R$ 1 milhão referentes à taxa Fust em 2004. A operadora recorreu e o valor da taxa caiu para R$ 230.

Com essa discrepância de valores como contexto, o conselheiro da Anatel Leonardo de Morais propôs a revisão para baixo do que é devido pelos pequenos provedores. Segundo ele, somente a empresa que entra com recursos e que anexa sua documentação fiscal consegue ter o processo analisado e a taxa revisada: “Muitas empresas, porém, mudam de endereço, não têm a sua contabilidade fiscal organizada, e assim acabam sendo cobradas de uma dívida que nem lhes cabe”, enfatizou.

“No mercado de banda larga, três grupos econômicos detêm 80% do market share e as suas receitas são incluídas no cálculo da taxa a ser cobrada, gerando uma falta de proporcionalidade e de racionalidade para os pequenos provedores”, conclui Morais.
Sendo assim, a área técnica deve apresentar, em 45 dias, um novo método que minimize o impacto dos três grandes na receita média dos pequenos provedores.

Fonte: http://mhemann.com.br/

Mais informações:

Alexandre Fenzke: (48) 9-8844-2003 (Presidente Apronet)
Fernando Selinger: (48) 9-9909-8643 (Vice-Presidente Apronet)
Site da Apronet: http://www.apronet.com.br

Emerson Teixeira/LíderCom Assessoria
Assessoria de Imprensa Apronet
(https://www.facebook.com/liderpontocom)

  • Av. Getúlio Vargas, 415 - Centro
    Araranguá - SC

Sobre nós

A ASSOCIAÇÃO Constituída em outubro de 2016 em Santa Catarina, a APRONET é uma Associação sem fins lucrativos que busca representatividade e ampliação do acesso a mercados, compartilhamento de informações, capacitações, ... Ler mais

© Copyright 2020 APRONET - Todos os direitos reservados.